10 dicas para aumentar a performance da sua loja virtual

 

post-blog-dicas


As estratégias que empreendedores utilizam em lojas físicas para alcançar boas vendas nem sempre são as mesmas empregadas nas lojas virtuais. Entretanto, muitos negócios virtuais acabam errando em atrair clientes ou, até mesmo, no gerenciamento da própria página de navegação, por não utilizarem estratégias adequadas. O resultado disso não poderia ser diferente: baixo ticket médio e taxas de conversão abaixo do esperado.

Mas, o que é preciso para aumentar a performance da minha loja virtual? A resposta vai além de oferecer produtos e serviços com preços abaixo do mercado. É preciso acompanhar, monitorar, estar aberto a mudanças e, principalmente, conhecer o caminho de compra do cliente.

Pensando nisso, elaboramos 10 dicas para aumentar a performance da sua loja virtual. Quer saber quais são? Então, siga a leitura do post de hoje!

1. Faça up-selling e cross-selling


Antes mesmo de escolher uma plataforma e colocar a loja virtual para funcionar, busque saber se é possível implementar estratégias que possam sugerir ou mesmo indicar produtos que melhor agradem os clientes. Mas, de que forma colocar isso em prática? Através do up-selling e do cross-selling!

Up-selling é sugerir que o cliente leve um produto similar ao que ele está observando, mas com um preço de venda maior ou uma margem de lucro mais elevada.

Cross-selling é sugerir produtos complementares, ou seja, após o consumidor ter escolhido ou mesmo comprado determinados itens, outros produtos são sugeridos para que venham a ser escolhidos como complementos à compra principal.

Lojas virtuais que se valem dos benefícios do up-selling e do cross-selling ampliam as chances do cliente adicionar mais itens ao carrinho e, assim, aumentar o valor da compra. Geralmente ambas as estratégicas são aplicadas no momento do checkout ou na página de detalhamento dos produtos.

2. Invista em segurança


Embora a internet tenha trazido maior comodidade e facilidade na hora de realizar as compras, o ambiente virtual também passou a ser um espaço para ataques de hackers ou mesmo pessoas mal-intencionadas.

Investir em selos e certificações oferece ao consumidor maior segurança e credibilidade, principalmente por envolver troca de informações pessoais e dados bancários. O Certificado de Segurança (SSL) é essencial para manter uma política de privacidade e o uso de selos que atestam a confiabilidade da loja é fundamental para aumentar a percepção de segurança.

3. Promova uma liquidação de ponta de estoque


Não é apenas em lojas físicas que empreendedores podem utilizar a famosa “ponta de estoque”, lojas virtuais também podem promover uma liquidação dos produtos parados nos depósitos, os quais acabam ocupando espaço e prejudicando o fluxo de caixa.

A grande vantagem de desafogar o estoque é gerar receita e poder investir em itens mais novos. Contudo, antes de qualquer ação é preciso um bom levantamento do estoque para saber quais produtos saem mais e quais ficam parados. Por isso, caso você queira lançar uma boa liquidação, comece pelos produtos que apresentam algumas dessas características:

  • Não tem tanta procura;
  • São itens sazonais;
  • São produtos perecíveis ou com prazos de validade próximos do vencimento;
  • Se tornaram obsoletos se foram substituídos por versões novas;
  • Estão parados por 1 mês ou mais tempo.

4. Disponibilize outros canais para contato


Não é porque se trata de uma loja virtual que o contato com o cliente já está estabelecido. A chave do sucesso é implementar outros tipos de atendimento aos consumidores que permitam a interação com o suporte da sua loja virtual para sanar alguma dúvida, sugerir mudanças ou mesmo fazer uma reclamação.

Uma aposta que vem trazendo grandes vantagens para ambos os lados é a implementação de uma comunicação via chat – atendimento em tempo real. As tradicionais formas de comunicação, como o e-mail, precisam aguardar o retorno, implicando ao lojista virtual a perda do “timing” da venda.

A utilização de um chat possibilita conhecer melhor o cliente e ajudá-lo a enfrentar os problemas que surgem no dia a dia, aumentando a taxa de conversão e melhorando a experiência do consumidor.

5. Dê atenção ao layout da sua página virtual


O visual do site da sua loja virtual é o cartão de visita para que o cliente seja atraído e se sinta bem durante a navegação e em contato com seu negócio.

Páginas poluídas e desorganizadas, itens sem descrição, muitas cores e design pouco atrativo levam a loja virtual a perder visitantes e, consequentemente, ter um desempenho insatisfatório.

A dica é investir na qualidade do site e trazer conforto ao cliente ao navegar pela sua loja. Tente entender as causas que fazem os consumidores desistirem no caminho de compra, estabeleça estratégias para ampliar a performance do site e, consequentemente, melhorar a experiência do cliente, visando a satisfação em relação ao seu negócio.

6. Entre no mercado mobile


Não tem como ficar de fora do mercado mobile. Atualmente, muitos consumidores utilizam celulares, smartphones, tablets, entre outros dispositivos para navegar em sites e fazer compras. Por isso, é preciso que lojistas virtuais se preocupem em oferecer um site responsivo, que modifica a disposição dos produtos de acordo com o tamanho da tela e viabiliza que o consumidor sinta-se confortável ao navegar. Uma vez que o cliente esteja engajado por mais tempo com o site, a possibilidade de vender mais também aumenta.

Além disso, com a rotina cada vez mais corrida e a necessidade de realizar várias tarefas ao mesmo tempo, se sua loja virtual estiver investindo em facilitar o acesso através da tecnologia mobile, um cliente que está no aeroporto, assistindo TV ou andando na rua, poderá facilmente acessar seu site e fechar uma compra.

7. Ofereça frete grátis


Oferecer frete grátis pode ser um excelente atrativo e um diferencial competitivo. Muitos consumidores, ao escolherem determinados produtos, acabam esquecendo que o valor final de uma compra pode ser incrementado com o valor do frete e, consequentemente, acabam desistindo da compra. Por isso, é importante oferecer essa vantagem para o cliente, não o fazendo ter surpresas ao fechar o carrinho de compras.

Contudo, incluir o frete grátis na loja virtual não é tão simples como parece e exige dos empreendedores muita atenção. De maneira geral, existem duas formas de viabilizar essa prática:

  • Conhecer o ticket médio levando em consideração as regiões de vendas (cidade, bairro, estado) e oferecer frete grátis através de determinado montante em compras;
  • Considerar o frete grátis como uma ação de marketing, estabelecendo determinado valor anual, adequado a realidade do seu negócio, para esse incentivo.

8. Monitore a movimentação do seu site


Não há erro: se você não conhece quem acessa sua loja virtual, quanto tempo os visitantes permanecem no site e em quais páginas tem interesse, fica difícil dimensionar o alcance e a performance do seu negócio. Por isso, adote relatórios, indicadores e ferramentas que possibilitem monitorar o tráfego na sua loja. Com tais informações em mãos é possível analisar o que chama a atenção dos seus clientes e o que está deixando a desejar, possibilitando adotar medidas para ampliar o fluxo de acessos e, consequentemente, aumentar as conversões do site.

9. Aposte em ferramentas de e-mail marketing


O uso de e-mails marketing é uma ótima opção para que a loja não caia no esquecimento. Também é uma ferramenta utilizada para cativar e fidelizá clientes por meio de campanhas adequadas e segmentados.

A dica aqui é investir em ferramentas de disparo automático e monitoramento contínuo de e-mails marketing, possibilitando ao gestor conhecer sobre cliques em produtos, taxa de abertura e rejeição, entre outras informações que possibilitem estabelecer estratégias de remarketing.

10. Ofereça algo em troca


Muitos consumidores se sentem motivados em voltar ao site por serem beneficiados em uma compra anterior ou mesmo por terem recebido uma recompensa.

Por isso, lembre-se de que o cliente sempre espera receber algo em troca de uma ação. Isso significa que se você quiser que o cliente forneça um e-mail para contato posterior, não peça simplesmente para assinar sua newsletter, o premie com um brinde ou desconto na próxima compra. Invista em campanhas que possam trazê-lo de volta!

Trabalhar estratégias para garantir a boa performance da sua loja virtual é fundamental nos dias de hoje para manter os clientes e o fluxo de vendas, garantindo a saúde do seu negócio online.