Saiba como escolher a melhor plataforma de e-commerce para o seu negócio

Post-blog-Como escolher a melhor plataforma de e-commerce para o seu negócio

Quem possui uma loja virtual — seja ela de pequeno ou de médio porte — e deseja crescer, desbravar o mercado e aumentar seu faturamento, precisa ter uma excelente plataforma de e-commerce como parceira.

Mas várias questões importantes surgem: como escolher uma plataforma que seja boa o suficiente para a sua loja? Que tipo de recursos buscar? O que levar em consideração? Como saber se a plataforma escolhida será a ideal para fazer o upgrade tão necessário ao seu e-commerce?

Quando vamos escolher uma plataforma de e-commerce para utilizar em nosso negócio virtual, temos muitos aspectos diferentes a avaliar. Podemos dividir todos esses aspectos em dois grandes grupos: o de Formato de Aquisição e Elementos Logísticos. Vamos conhecer cada um desses grupos abaixo com mais detalhes.

Formato de Aquisição

Uma das grandes questões que diferenciam plataformas de e-commerce é o seu formato de aquisição.

Essa questão pode ser dividida em 3 formatos diferentes. Confira abaixo:

1. Aluguel de licença de uso

Esse é o formato mais comum disponível no mercado atualmente.

Basicamente, uma empresa desenvolve uma boa plataforma de e-commerce e disponibiliza sua licença na internet com a possibilidade de pagamento mensal para utilização.

Então, o lojista interessado aluga o uso da plataforma, pagando a mensalidade estipulada. Ela normalmente está relacionada ao seu tráfego de clientes, embora possa ser determinada também por alguma outra métrica.

Uma das características das plataformas para aluguel é que costumam ser mais limitadas em termos de opções, embora sejam de fácil instalação e estejam prontas para o uso.

O que as plataformas de aluguel perdem em customização, ganham em rapidez de instalação.

2. Venda de licença de uso

Outro formato para a aquisição de uma plataforma de e-commerce é por meio da venda da licença de uso.

O processo é semelhante ao do aluguel: uma terceira empresa desenvolve toda a plataforma e então vende sua licença de uso para empresas interessadas. Porém, em vez de pagar uma mensalidade — que pode ficar cara em longo prazo —, a loja adquire o direito permanente de utilização dessa plataforma.

Em termos de vantagens de funções, esse tipo de plataforma funciona, normalmente, do mesmo jeito que a plataforma de aluguel, com o lojista ficando dependente das funções preestabelecidas pelo desenvolvedor e sem poder fazer alterações.

A única exceção para essa situação é no caso da compra do código da plataforma e não dos direitos de uso.

Há uma diferença sutil, mas muito importante nesse caso: quem compra o código pode alterá-lo, adicionar novas funções à plataforma e tem um poder de uso muito maior do que quem compra apenas a licença de uso.

3. Código-aberto

Por fim, não podemos nos esquecer de mencionar as plataformas de e-commerce de código-aberto. Essas plataformas estão disponíveis na rede de forma gratuita, com seus códigos disponibilizados sem custo.

A grande vantagem de escolher esse tipo de plataforma de e-commerce, claro, é o seu baixo custo e alta capacidade de modificação. Como o código é aberto, qualquer um pode fazer alterações e customizar a plataforma como bem entender.

Já o lado negativo dessa opção é que esse tipo de plataforma não costuma ter muitas funções ou mesmo muita capacidade, além de não oferecer suporte técnico em caso de problemas.

É uma opção, à primeira vista, muito interessante devido especialmente ao baixo custo, mas que exige certa dose de conhecimento técnico ou recursos para contratar uma equipe técnica para sua otimização.

Elementos logísticos

Agora que já falamos sobre as formas de aquisição de uma plataforma de e-commerce, vamos mencionar o outro grupo de fatores que deve influenciar a sua decisão de aquisição de uma plataforma para seu e-commerce: os elementos logísticos.

Nesse grupo, estão inseridos os recursos, funções e benefícios que uma plataforma pode oferecer para a sua loja virtual. Vamos conhecê-los mais profundamente:

1. Layout

Quem disse que não se deve julgar um livro pela capa com certeza não conheceu a internet e o mundo das lojas virtuais.

O layout do seu e-commerce é fator determinante para o sucesso da sua loja, já que elementos como a disposição dos produtos,fotos de cada produto e até mesmo a cor do botão de vendas influenciam na sua taxa de conversão.

2. Suporte técnico

Um dos principais fatores a serem levados em consideração ao escolher uma plataforma de e-commerce deve ser a disponibilidade de um suporte técnico.

Um bom rendimento e faturamento também dependem de a plataforma não apresentar nenhum problema técnico, conseguindo realizar todos os processos sem entraves ou erros de funcionamento. Assim, não dá para negligenciar a presença de uma equipe técnica à disposição para solucionar dúvidas e resolver crises.

3. Infraestrutura

A infraestrutura de uma plataforma de e-commerce tem a ver com a sua capacidade física de lidar com o número de acessos.Quanto maior a capacidade dos data centers da plataforma, melhor será o funcionamento da sua loja e menor o risco de ficar fora do ar num momento crítico — numa grande promoção, por exemplo.

Isso, claro, quando a plataforma de e-commerce oferece uma infraestrutura auxiliar, já que muitas não possuem essa opção.

4. Gestão de processos

Outro importante fator a considerar na hora de escolher uma plataforma de e-commerce é sua interface para a gestão de processos.

O ideal é ter uma interface limpa e simples, de fácil manejo e que não consuma muito tempo ou energia no seu gerenciamento para otimizar os processos de confirmação de pagamento e envio de produtos para os clientes.

5. Parceiros

Algumas plataformas de e-commerce possuem parcerias com importantes marketplaces ou empresas que podem resultar numa maior exposição — e, por consequência, vendas — para sua loja virtual.

Leve esse fator em consideração na hora de escolher uma boa plataforma para o seu e-commerce.

6. Apoio ao lojista

O fator de maior importância numa plataforma de e-commerce — sem dúvida, aquele que pode desempatar na hora da escolha — é o apoio oferecido ao lojista.

Uma plataforma confiável, com visão de futuro, é aquela que incentiva e apoia seus lojistas para que eles cresçam e obtenham mais vendas.

Esse apoio pode vir de várias formas:

  • Suporte técnico

  • Coaching

  • Tutoriais e dicas sobre vendas e marketing

Enfim, como deu para perceber, são vários os fatores que podem influenciar na escolha de uma plataforma de e-commerce. Levando em consideração esses importantes fatores, você pode fazer a sua escolha com mais tranquilidade.

Você precisa obter mais informações sobre o assunto? Então entre em contato conosco para saber o que podemos oferecer para a sua loja virtual!

cta2