5 perguntas para fazer antes de contratar um meio de pagamento

Web

Sabemos que um e-commerce é negócio promissor que não é nada fácil e juntamente com a decisão de empreender, é necessário que o lojista se preocupe com uma série de fatores que podem aumentar (ou não) a eficiência de seu trabalho e a experiência de compra do seu cliente.

Um dos fatores essenciais para garantir uma boa experiência de compra e a credibilidade da loja é a escolha de um bom meio de pagamento e de um bom sistema de antifraude.

Para ajudar você a escolher a opção mais adequada para começar a receber pagamentos em seu e-commerce, selecionamos cinco perguntas que devem ser feitas antes de contratar um meio de pagamento online.

1) Este meio de pagamento é seguro?

Esta deve ser a primeira e mais importante pergunta a ser feita antes de contratar qualquer meio de paramento para o seu e-commerce. Para saber se um serviço que você deseja contratar é realmente sério, pergunte se ele está configurado de acordo com o PCI DSS (Payment Card Industry Data Security Standard), um padrão internacional para segurança da informação em organizações que lidam com cartões de crédito das principais bandeiras presentes no mercado. Não se esqueça: quando o assunto for dinheiro, o nível de segurança precisa ser muito elevado, independente dos valores transacionados.

2) O meio de pagamento está integrado com minha plataforma?

Não há nada pior do que contratar um serviço para logo depois descobrir que o sistema não é compatível com a estrutura de sua loja virtual, não é mesmo? Para evitar essa quebra de expectativa, sempre é importante perguntar à empresa sobre o processo de integração do serviço, sempre verificando se existe alguma documentação ou suporte necessário para que o serviço seja configurado em sites construídos com diferentes linguagens de programação.

3) Qual a conversão média do meio de pagamento?

No momento da contratação de um meio de pagamento é essencial questionar à empresa quais são os índices de conversão do serviço de interesse, ou seja, quantas compras efetuadas na sua loja virtual serão de fato, concluídas.

É claro que existem diversas maneiras para aumentar a conversão de vendas em um e-commerce, mas optar por um meio de pagamento que disponibilize uma funcionalidade conhecida como “retentativa inteligente” (em que o sistema redireciona o pedido de pagamento para outro terminal caso o primeiro demore mais tempo que o esperado,) pode te ajudar a aumentar consideravelmente as vendas.

4) O meio de pagamento possui checkout transparente?

Uma funcionalidade muito importante que seu meio de pagamento deve oferecer é o que chamamos de “checkout transparente”, que possibilita que o cliente de sua loja virtual permaneça em seu site durante toda a experiência de compra, sem que haja necessidade de ser direcionado para outro domínio na internet, onde terá de fazer um novo login/cadastro.

O Checkout Transparente é uma ferramenta que auxilia muito no aumento da conversão da sua loja virtual.

5) Quais as taxas cobradas pelo serviço?

Por mais importantes que sejam as perguntas anteriores, é preciso estar muito bem informado sobre as taxas cobradas para utilizar o serviço do meio de pagamento.

Os pacotes de recursos e serviços variam muito entre as empresas, o que pode dificultar um pouco a comparação, mas há sempre uma pequena taxa fixa por transação e normalmente taxas de ativação para os serviços opcionais.

Em alguns casos, taxas de antecipação de pagamentos são embutidas automaticamente nos contratos por padrão, independente da necessidade do seu negócio, por isso o questionamento de como é efetuada a cobrança é essencial.

Agora que temos em mente qual o meio de pagamento será utilizado, deve-se investir em um sistema de capaz de monitorar as transações da loja virtual e atuar na prevenção às fraudes.

Contratando um antifraude

O antifraude atua de forma integrada ao meio de pagamento, oferecendo uma análise profunda sobre cada transação comercial, através de um complexo banco de dados.

Ao escolher um sistema antifraude, você deve levar em consideração qual a ferramenta que melhor se adeque à sua realidade em relação ao tipo de produto comercializado, número de vendas realizadas e às tarifas que serão cobradas pelas análises.

Estes itens devem ser verificados porque produtos que podem ser revendidos facilmente tendem a sofrer mais fraudes nas transações, sendo necessária uma ferramenta que analise mais itens antes de autorizar a venda, além do custo das ferramentas antifraude serem calculados pelo número de análises que serão feitas mensalmente.

Outro ponto que deve ser levado em consideração no momento da escolha do antifraude é o tempo de duração da análise, uma vez que a eficiência logística também acaba sendo essencial para o sucesso do seu e-commerce, quanto mais rápida for a capacidade de processamento do seu antifraude, mais rápido você conseguirá despachar seus pedidos.

Vale ressaltar que, mesmo não evitando 100% das fraudes, os sistemas antifraude conseguem diminuir consideravelmente o prejuízo que o e-commerce teria caso não utilizasse nenhum tipo de proteção, tornando-se um tipo de investimento necessário para qualquer loja virtual.

De modo geral, lembre-se que receber pagamentos da maneira mais eficiente possível é parte vital para o sucesso do seu e-commerce. E não se esqueça que as chances de acertar na escolha do seu meio de pagamento serão proporcionais ao tamanho da sua pesquisa de fornecedores, portanto aproveite esse momento para coletar o máximo possível de informações, pesquisar bem as opções, os custos e benefícios cada uma das ferramentas disponíveis no mercado para que a você tenha os melhores resultados possíveis e boas vendas!

>>>

Conte com a EZ Commerce para te ajudar em todo planejamento da sua loja virtual.

Além da tecnologia, podemos atuar na definição de suas estratégias. O EZ Consulting – programa de consultoria – é formado por profissionais experientes e possui em seu histórico a atuação em grandes operações do varejo nacional, auxiliando lojistas no momento de sua implantação e no aumento constante de seu desempenho.

Web