6 tendências para Gestão de E-Commerce em 2015 [INTRO]

Web

O ano de 2015 inicia cercado por muita cautela, sobretudo no varejo, o que de modo algum significa que não se deve buscar o crescimento do faturamento das lojas virtuais. Ao contrário, algumas tendências para os próximos 12 meses podem e devem consolidar um cenário até de otimismo, desde que haja disposição para muita dedicação e muito trabalho. É importante, no entanto, considerar que, cada vez menos ações isoladas trarão os resultados esperados como outrora. É preciso, portanto, investir em eficiência.

Toda essa otimização passa obrigatoriamente pela qualidade em adquirir visitantes, que significa obrigatoriamente a capacidade de monitorar a conversão de visitas de cada campanha, de cada anúncio, e sobretudo assumindo a responsabilidade de desenvolver páginas com conteúdo relevante para cada cenário e, com isso, equilibrar de maneira positiva o retorno sobre o investimento.

Também é vital a obstinação de se aumentar e qualificar as bases e os disparos de e-mail marketing, para que seja possível obter cada vez mais volume em mídias com ROI mais alto. Na capacidade de fazer mais, com menos e, isto só é possível quando se aumenta a capacidade de administração e micro gestão.

Web