Aprendendo com os Erros da Black Friday

A Black Friday Brasil 2012 foi um sucesso, sem dúvida. Só o e-commerce faturou R$ 243,8 milhões este ano, de acordo com relatório do e-Bit, empresa parceira da EZ Commerce. O número representa um crescimento de 143% em relação à data no ano anterior. Em comparação com a versão original, dos EUA, são ótimas estatísticas, considerando que lá, essa é uma data tradicional e que remete a um período bem anterior ao E-Commerce.

Mas a Black Friday Brasil cometeu uma série de erros, sejam de caráter comercial ou mesmo de branding. Principalmente no comércio eletrônico, a falta de planejamento causou problemas que poderiam ser facilmente evitados, como os listados nessa matéria do Kotaku, uma revista digital sobre cultura nerd, games e afins. Sim, é um espaço sério, com reviews sobre games e equipamentos eletrônicos, cujo público é praticamente o mesmo de grande parte das lojas virtuais do setor.

As consequências para estes equívocos foram, por baixo, alarmantes. Nas redes sociais, foram criados comics e tirinhas, os famosos memes, para ridicularizar algumas das maiores lojas do país. Blogs e reviews comentaram sobre o que ficou conhecido como a “Black Fraude” Brasil. Como vimos, os números claramente mostram que isso não foi suficiente para interferir nos bons resultados (ótimos, por sinal). Mas ajuda a sujar a imagem de um mercado que está se consolidando no país.

Para evitar estes tipos de erros, a dica é: planeje. Verifique quais as datas de promoções coletivas como a Black Friday, e mesmo as comemorativas que interferem no seu segmento – por exemplo: você vende equipamentos de fotografia, e não sabe quando é o dia do fotógrafo? Está na hora de se preparar melhor.

Monte uma estratégia promocional, selecionando os produtos e os descontos que você irá oferecer. Dependendo do nicho e dos seus objetivos, não esqueça de preparar um hotsite (sua plataforma de e-commerce possui essa ferramenta?) para concentrar as ofertas. Existem várias outras ferramentas que são essenciais para uma boa promoção, é só pesquisar. Não esqueça de testar com cuidado antes.

Seguindo essas dicas, você vai construir uma marca ainda mais forte e querida pelos consumidores. Em uma época repleta de concorrentes, e em que a guerra de preços não é solução, isso é tão importante quanto vender mais.