Conheça 8 dicas para melhorar o layout do seu e-commerce

post-blog-Conheça 8 dicas para melhorar o layout do seu e-commerce

“Beleza não é tudo. É preciso ter conteúdo também”

Você provavelmente já ouviu ou leu em algum lugar essa frase, certo? Pois saiba que ela, independentemente do contexto no qual seja usada, retrata a mais pura verdade, inclusive e especialmente dentro do segmento do e-commerce!

Embora seja um fator “de entrada”, o layout do e-commerce é uma característica muito importante da sua loja virtual. Ele será o primeiro contato do cliente com a sua loja, e como “a primeira impressão é a que fica”, é essencial transmitir elegância, seriedade e, posteriormente, esbanjar praticidade e performance.

Confira neste artigo algumas dicas para tornar o layout do seu e-commerce um verdadeiro Don Juan do varejo on-line!

1. Renda-se ao flat design</h3

Tendência relativamente recente e em constante adoção, o flat design defende que a interface com o usuário deve prezar pela funcionalidade em detrimento da beleza. Porém, a filosofia de layout uniu incrivelmente as duas esferas, transformando o flat design em um poderoso e funcional conceito de layout.

Basicamente, ele é isento de qualquer tipo de borda, gradiente ou animação desnecessária, prezando por cores e elementos sólidos — o que, além de conferir um layout que transmite elegância, robustez e simplicidade, facilita muito na hora de desenvolver as funcionalidades das páginas.

2. Dê destaque a elementos importantes</h3

Por mais que o seu layout seja simples e direto, alguns elementos ainda são mais importantes do que outros e você deve diferenciá-los bem, evidenciando mais notoriamente alguns deles.

Elementos importantes dentro da página, como os botões de call to action (“Comprar”, “Carrinho”, “Calcular Frete” etc.), a barra de busca e as sessões de contato e relacionamento devem receber destaque na página para facilitar a navegação do usuário.

3. Dose banners e propagandas</h3

Se o lead já está dentro do seu site é porque ele recebeu uma indicação ou foi alvo de uma estratégia de marketing bem-sucedida, e é bem possível que ele já tenha algum plano e que provavelmente tem em mente o que quer comprar.

Tendo isso em vista, entendemos que não seria muito bacana recebê-lo dentro da loja virtual com um carnaval de janelas pop-up, propagandas e banners, certo? Então procure abstrair e focar somente no que é essencial, mantendo a fluidez no layout do e-commerce e apresentando ao cliente somente o necessário.

Dica: invista em sistemas de automação de rastreamento. Eles permitem que você possa mapear automaticamente o trajeto do usuário dentro da loja virtual, identificando os produtos que o interessaram e utilizando as áreas de propaganda de forma inteligente.

4. Seja Mobile-First</h3

Outra forte tendência para 2017, o Mobile First surgiu da necessidade de adaptar os websites para serem acessados por dispositivos mobile. Afinal, cada vez mais as pessoas acessam sites e compram produtos por meio de dispositivos móveis.

Dessa forma, é crucial para a sua loja virtual ter um design responsivo, ou seja, ter o layout do e-commerce adaptado para os dispositivos móveis, para que quando for acessado por um, seja exibido de forma amigável e precisa, sem elementos fora do lugar ou desalinhados.

5. Incorpore o espírito das datas comemorativas</h3

As datas comemorativas como Dia das Mães, Dia dos Namorados, Natal e Black Friday costumam ser responsáveis por pelo menos um terço do montante total que o e-commerce movimenta por ano. Ou seja, é importante ser bastante produtivo durante essas datas.

Tenha um planejamento no longo prazo para cada uma das datas comemorativas, de forma que você possa elaborar campanhas de marketing efetivas, bem como criar landing pages, isto é, páginas totalmente personalizadas de acordo com cada data comemorativa. Sim, estamos falando de coelhos e ovos de páscoa, papais noéis, trenós, renas e tudo mais!

6. Capriche na apresentação dos produtos</h3

Ok, muitas das vezes em que vamos comprar algo já sabemos como é o produto ou pesquisamos por ele em lojas físicas. Entretanto, não é unânime. Não há nada mais angustiante do que querer comprar um produto mas não saber exatamente como ele é ou quais são as suas características.

Invista forte na apresentação dos seus itens, produzindo uma boa fotografia — imagens claras, de qualidade e sob diversos ângulos —, bem como acrescentando descrições completas sobre as suas funcionalidades.

Tenha certeza que você vai tirar todas as dúvidas do cliente sobre o que ele está comprando. A única forma de converter é dar a ele a certeza do que está adquirindo!

7. Tenha um filtro avançado</h3

Muitas vezes os clientes sabem qual é o tipo ou a categoria do produto que querem comprar, mas não sabem exatamente qual comprar. Uma pessoa pode querer um tênis de corrida azul, construído em tecido de pano simples, que custe até R$ 150, mas não ter nenhuma marca ou modelo em mente. E se não houver uma forma de filtrar por meio dessas características, como fica?

Se o cliente tiver recebido recomendações sobre o seu e-commerce, pode ser que ele insista em filtrar por palavra-chave. Caso contrário, ele vai desistir da compra. Dessa forma, é essencial que você implemente um filtro funcional junto à barra de busca, que permita ao cliente detalhar o tipo de produto que ele está procurando.

8. Planeje o layout do e-commerce</h3

Desenvolver um layout é um processo trabalhoso, complexo e caro. É essencial que você tenha em mente o formato que você quer, do contrário, pode ter gastos desnecessários com remodelagens e readaptações.

Considere utilizar um wireframe, que se trata de um esqueleto básico de como será o seu site. Utilizar essa técnica evita que você esqueça algum elemento na hora de providenciar o desenvolvimento do layout e ajuda a consolidar o formato ideal para a sua loja virtual.

O layout das lojas virtuais vem recebendo cada vez mais atenção ao longo das mudanças de mercado que ocorrem dentro do segmento do e-commerce, tendo em vista o fato de que as pessoas têm cada vez menos tempo em decorrência da rotina corrida.

Assim, é necessário facilitar ao máximo a navegação dos clientes dentro da sua loja virtual, de modo a evitar que qualquer dificuldade de encontrar algum produto ou função venha a fazer o seu lead desistir de comprar.

Gostou das nossas dicas sobre o layout do e-commerce? Então compartilhe este conteúdo com seus amigos nas redes sociais!