Saiba como gerir sozinho sua loja virtual

 

Post-blog-como gerar sozinho sua loja virtual

 

Integração com ferramenta: diferencial para gerir sua própria loja virtual

Você já pensou em montar uma loja virtual por conta própria e desistiu ao achar que não conseguiria? Por incrível que pareça, essa tarefa pode ser mais fácil do que imagina. O segredo para o sucesso é conhecer a fundo as ferramentas disponíveis e saber onde você quer chegar. A vontade de atingir grandes resultados deve estar aliada a um bom entendimento do mercado e das possibilidades que existem dentro do universo do e-commerce.

No mundo dos negócios, cresce cada vez mais o número de empreendedores digitais. Contudo, para que servem as boas ideias se não forem bem aplicadas e conseguirem se sustentar? O primeiro passo para gerir sua loja virtual sozinho é organizar um bom projeto de e-commerce. Entre os pontos primordiais para o começo da sua gestão estão entender o que a sua marca pretende, compreender quais são os principais cuidados que se deve ter ao construir uma empresa no mercado digital e, principalmente, saber qual plataforma utilizar.

Plataforma

A plataforma escolhida para o seu negócio pode ser considerada como fator determinante na garantia de bons resultados: uma escolha bem feita rende boas economias no futuro.

Existem diversas opções de plataformas com variados recursos. O principal é que ela atenda as necessidades da marca, seja funcional e de fácil usabilidade. Outra questão importante é conhecer as limitações de cada tecnologia e saber até que ponto atenderá suas expectativas a curto, médio e longo prazo. Na hora de optar, responda a si mesmo questões como: o módulo de gerenciamento é fácil de utilizar? A parte visual atende ao meu plano de comunicação e é aderente à identidade do meu negócio? Possui integração com meios de pagamento, atendimento, segurança das informações e banco de dados? Possui estrutura para implementação de um bom processo de SEO? O sistema é responsivo? O que os relatórios oferecem?

Recursos para melhorar o seu negócio

Diversos recursos são utilizados para o desenvolvimento de uma loja virtual. Basta entender o que cada um deles pode oferecer para concretizar o potencial de venda da sua empresa. Confira a funcionalidade de diversas opções.

O visual da sua loja

Conhece aquela expressão: a primeira impressão é a que fica? Para conquistar os clientes é preciso começar com o pé direito e construir uma bela identidade visual para a sua empresa. Afinal, o design da sua marca é a primeira imagem que chega ao consumidor. Defina as cores, a tipografia e elementos que deixem uma boa impressão. Algumas plataformas disponibilizam layouts já prontos, adaptáveis às características da sua marca. Além disso, existem aquelas que oferecem liberdade na edição de arquivos do visual da loja, como estilos de formatação CSS, imagens e até mesmo scripts avançados de interação.

Produtos

Não tem quem não goste de dar aquela conferida em todos os ângulos da roupa ou conhecer de perto os botões da câmera. Para isso, as lojas virtuais utilizam diversas ferramentas que atraem os clientes. Uma das principais é a vitrine da sua loja. A exposição dos produtos facilita a escolha dos clientes ao mostrar como realmente são, em todas suas variações de tamanhos, cores e estilos.

O recurso de zoom explora os mais diversos detalhes do que está sendo oferecido. Outra opção é a criação de campos para a descrição do produto, pois as informações podem ser usadas depois para organizar seu catálogo ou apresentá-lo para o cliente.

Promoções e descontos

Hoje em dia, o recurso de desconto conquista qualquer um. Para movimentar o negócio e criar afinidade com o cliente, existem opções de campanhas diferenciadas com promoções, lançamentos e descontos. A ferramenta Hotsite, por exemplo, agrada o comprador e estimula a compra. Além dela, você pode criar laços com os clientes ao associar descontos que vão ficando cada vez melhores conforme o cliente compra mais de determinado produto, marca ou seção.

Os cupons também vieram com tudo e podem ser direcionados para aumentar a sua taxa de conversão. Impulsione os seus clientes também por meio de compras coletivas, kits de produtos e acione o programa de pontos, o cliente que acumular determinados pontos pode trocar pelo produto que desejar.

Agora, se você não pretende realizar promoções ou descontos, use outra ferramenta para chamar clientes, como o recurso de campanha de frete por localidade, dando o frete de graça para os clientes das regiões mais próximas do seu centro de distribuição.

Estoques

Ninguém quer perder clientes por falta de estoque! Os Backorders estão aí para salvá-lo de qualquer aperto. Eles permitem a venda de produtos mesmo sem ter estoque disponível, porém com um prazo maior de entrega.

Otimize as pesquisas

Não faça seu cliente perder muito tempo e otimize seu trabalho. As melhores opções a serem aplicadas são a técnica fonética, que se aproxima da palavra que o cliente pretende buscar, a de sugestões instantâneas e aquela através de filtros. Além disso, um bom gerenciamento do carrinho de busca pode gerar uma boa experiência e deixar a pessoa segura de sua compra.

Processos de SEO e domínio da marca

O SEO é um processo de otimização do site para que as pessoas o encontrem com mais facilidade quando realizarem pesquisas. Esse recurso pode deixar seu negócio mais conhecido e aumentar as estatísticas de venda. Prepare sua loja para processos de SEO por meio de URLs amigáveis, cadastro de Meta tags: keywords e description, texto alternativo para imagens, entre outras opções. Um domínio próprio também pode ser adicionado no processo de SEO. Ele deve deixar claro qual é o seu tipo de negócio, sendo de grande valia para os clientes encontrarem sua marca e também para os buscadores.

Versão mobile e redes sociais

Tornar o seu negócio responsivo e adaptar a navegação para versões móveis pode alavancar as suas vendas. A tendência é de crescimento nas compras online via dispositivos móveis. Segundo o relatório da E-bit de 2015, no segundo semestre de 2014, a maioria dos consumidores online (65%) comprou por smartphones e 35% por tablets. Conquiste seus clientes com vitrines e banners especiais para o mobile.

Além disso, use os seus clientes a seu favor. Disponibilize recursos interativos a eles e ganhe grandes divulgadores da sua marca, permitindo que tenham acesso às suas redes sociais.

Geração de relatórios

Ao final do mês existe toda aquela expectativa com relação aos resultados obtidos pelo negócio e no comércio eletrônico não é diferente! A mensuração de todo o trabalho desenvolvido está dentro dos relatórios. Eles devem ser bem completos, contendo informações, dados, estatísticas, como: quantidade de pedidos e acessos por período (dia, mês, ano), cadastro dos clientes, estoque, produtos com estoque baixo, entre outros fatores.

Portanto, a integração com uma ferramenta ou plataforma é fundamental para que você consiga gerir o seu e-commerce. Converse com a EZ Commerce e conheça nossas soluções.

 

cta