Comércio eletrônico tem muito espaço para crescer no Brasil

Segundo o relatório Webshoppers 2012/e-bit (Brasil) e Forrester Research (EUA), o e-commerce do Brasil tem ótimas oportunidades de crescimento. Enquanto nos Estados Unidos a internet representa cerca de 8% das vendas totais do varejo, aqui a relação está em 3%.

Além disso, o relatório aponta que 43% dos brasileiros acessam a internet no Brasil, enquanto para ao americanos esse dado fica em 67%. Em relação ao tempo médio gasto em compras por ano a diferença é considerável, nós, brasileiros, gastamos US$ 722 e os americanos US$1.207.

Para os produtos, a pesquisa levou em consideração quais itens são mais vendidos. Aqui, eletrodomésticos, moda/acessórios e saúde/beleza são os preferidos pelos consumidores. Já nos EUA, computadores, moda/acessórios e eletroeletrônicos são os mais vendidos.

Sobre o faturamento das lojas virtuais, o Brasil fechou o ano de 2012 com US$ 12,5 bilhões e os EUA com US$ 226 bilhões.

O infográfico abaixo mostra um comparativo entre o nosso mercado e o americano. Veja:

comercio-eletronico

Fonte: (Exame.com)

Design: Beatriz Blanco
Fonte: Revista EXAME PME
Relatório Webshoppers 2012/e-bit (Brasil) e
Forrester Research (EUA)