Enganação ou não? Gizmodo traz um apanhado de informações sobre Loja virtual Neon Eletro

 

ez

Uma boa parte das empresas de grande renome sempre procuram fazer anúncio em meios midiáticos para fortalecer a marca e mostrar promoções e ofertas dos seus produtos. E isto não é errado. Acontece, que uma empresa do interior de São Paulo está fazendo a mesma coisa, mas com um objetivo diferente: criar credibilidade para que os compradores confiem na loja, já que, seguindo uma lógica, as empresas de grande porte fazem anúncios em programas de televisão de alta audiência. A Neon Eletro, segundo matéria do Gizmodo, faz propaganda em programas populares do SBT, como o do Raul Gil, A Praça É Nossa e no da Eliana, além de ter diversos banners destacados na home do UOL.

Na verdade, o que chama atenção em tudo isto são os preços baixíssimos que a loja oferece. Por exemplo, o Iphone 5, que é um lançamento bem recente da Apple, está custando apenas R$949.91 no site da loja. O preço do smartphone em lojas como Fnac e Magazine Luiza é mais de 2 mil reais. De acordo com a matéria do Gizmodo, seria praticamente impossível que a loja vendesse a um preço tão baixo. O site ligou para o SAC da Neon e fez alguns questionamentos como “De onde vem estes preços tão baixos?”. Os atendentes informaram que a loja faz grandes compras, como que em lotes.

Preocupados com a informação, o Gizmodo solicitou que Conrado Navarro, especialista em finanças e sócio-fundador do Dinheirama, desse uma explicação para este caso. Segundo ele, “mesmo que ela consiga um valor mais baixo para comprar muitas unidades, digamos de US$ 300,00, seu custo no produto importado legalmente e colocado no Brasil seria de, no mínimo, R$ 1.000,00”.

Outro ponto que chama atenção é a quantidade de reclamações feitas pelos compradores, que se mostram muito insatisfeitos por suas compras não chegarem e a loja não dar nenhum retorno. Fica um alerta para o lojista manter seus meios de comunicação sempre atualizados e atentarem para o cuidado com a entrega ao cliente. Se você quiser conferir a matéria completa e cheia de informações relevantes, dê uma olhada no site do Gizmodo.