Ferramenta de busca em lojas virtuais funciona como um “vendedor”

Pesquisas inteligentes aumentam a conversão nas lojas virtuais

Entre as principais vantagens do varejo online está a facilidade de ter uma extensa gama de produtos sem ter problemas com espaço físico, proporcionando mais opções para os clientes que compram pela internet. Porém, a grande diversidade de produtos pode ser um obstáculo para que o consumidor encontre o que deseja, o que torna as ferramentas de busca um dos recursos imprescindíveis para as vendas no e-commerce. A consequência do bom uso dessa funcionalidade é o aumento na taxa de conversão.

É quase como o vendedor de uma loja física. O cliente sempre preza pelo bom atendimento. Um vendedor bem acessível e que traz até o consumidor o produto específico ou o direciona para um departamento apropriado é ótimo e conta pontos positivos para a marca. A mesma ideia de acessibilidade aplica-se ao campo de busca da loja.

As ferramentas de busca visam atender principalmente aqueles consumidores que já sabem qual produto comprar. Quando um cliente acessa uma loja virtual focado no produto que deseja tem mais chances de converter do que aqueles que estão em busca de promoção, por exemplo. Em média, a receita das visitas que utilizam busca gira em torno de 150% maior quando comparado com as visitas que não usam o campo de busca. Neste momento é importante ter uma ferramenta eficiente na loja virtual, pois se esse consumidor procurar um produto e não encontrá-lo ele certamente não irá voltar à loja, muito menos fechar o pedido.

No entanto, como todo bom vendedor, a ferramenta de busca precisa auxiliar os usuários quando utilizam o recurso. Para tanto, algumas funcionalidades são imprescindíveis neste momento para que a busca seja mais assertiva possível e aumente a taxa de conversão da loja virtual.

1º Busca fonética: corrige os erros de digitação, tendo em vista que o retorno tem por base o som da palavra e não apenas um conjunto de letras. Se o consumidor digitar “uei”, por exemplo, a busca retornará resultados do produto “Whey”.

2º Sugestão de termos: facilita a digitação de palavras. Mesmo sem terminar de digitar a palavra procurada a ferramenta já sugere uma lista de produtos, facilitando a experiência do usuário.

3º Lista de produtos: inserir esta lista no campo de busca encurta o caminho do usuário até o produto. Muitas vezes o que o usuário procura está entre os cinco primeiros resultados da busca. Colocando a lista dos cinco primeiros produtos no campo de busca, encurta o caminho do cliente até o fechamento do pedido.

4º Filtro para refinar o resultado de busca: facilita o usuário a encontrar o que procura quando a busca é um termo muito abrangente como “tênis”, por exemplo. O consumidor poderá filtrar sua pesquisa por preço, cor, tamanho.

5º Recurso humano: além dos recursos já falados, outro muito eficiente, mas que é deixado de lado na maioria das vezes, é o recurso humano. Um analista comportamental que irá periodicamente verificar as palavras mais buscadas e fazer ajustes na busca fonética. Se necessário, criar assimilações de produto, sugerir um hotsite e gerenciar a busca da loja on-line.

Conheça a Power Search da EZ Commerce. Uma ferramenta de pesquisa inteligente que permite que seus clientes encontrem os produtos que desejam de forma rápida.