Itens eletrônicos e de informática representam 47% das primeiras compras online

Compra Online

O comércio eletrônico brasileiro registrou em 2012, cerca de 10,3 milhões de novos consumidores, alcançando o número de 42,2 milhões de pessoas que fizeram pelo menos uma compra via internet. Os dados são de pesquisa realizada pelo e-bit. De acordo com outra pesquisa, “Novos Consumidores”, os produtos da categoria “eletrônicos/informática” são os primeiros itens a serem comprados pelos iniciantes na compra online, representam 47%. Depois, as categorias mais buscadas são roupas/acessórios/calçados com 20%, e livros/revistas com 19%, e o que motivou o brasileiro a realizar a compra virtual foi o preço, em 37% das respostas.

O Receio de não receber o produto é o principal motivo para 28% terem realizado sua primeira compra online somente agora. Além disso, 23% afirmaram ter medo de roubo de dados pessoais e de cartão de crédito, mas passaram a ter segurança nesse tipo de transação.

Outros destaques da pesquisa
Outros pontos foram considerados importantes na decisão da primeira compra online. Estoque exclusivo das lojas virtuais e falta de tempo que ir a uma loja física somam 17% dos novos consumidores. No quesito “pontos que te surpreenderam positivamente”, o preço mais uma vez lidera na experiência positiva de compra pela internet com 54%, seguido por frete grátis com 43%. O fato do produto chegar em perfeito estado e a entrega rápida com 37% e 35%, respectivamente, também foram citados.

Aqueles que não gostaram da primeira experiência somaram apenas 6%. Além disso, 97% disseram que voltarão a comprar on-line. O estudo apontou ainda que o cartão de crédito foi a principal forma de pagamento entre os novos e-consumidores, o equivalente a 61%. Além disso, as principais portas de entrada para que encontrassem as lojas virtuais foram a busca no Google e e-mail marketing, 26% e 23% respectivamente.

A amostra revelou que a Classe B (62%) este entre a maioria dos novos e-consumidores, seguido das Classes C/D (27%) e Classe A (12%). Entre as localidades com maior número de compradores estão Sudeste (58%), Nordeste (20%) e o Sul (10%). Já na divisão de gênero, há empate entre masculino e feminino. A faixa etária, dominante é de pessoas com 40 a 49 anos, seguidas pelas de 50 a 58 anos, com 28%. As pessoas com idade entre 20 a 29 anos e 35 a 39 anos estão empatados com 17%.

 

Fonte: (Ecommerce Brasil)