Lojas virtuais registram inflação de 1% em novembro

Lojas virtuais apresentam aumento inflação em novembro de 2013.

Pelo segundo mês consecutivo, o Índice FIPE/Buscapé apresentou aumento nos preços dos produtos comercializados pela internet. Ao todo, o percentual registrado pelo indicador em novembro foi 1% superior ao mês anterior.

Durante o período analisado, oito, dos dez grupos, exibiram acréscimo no valor final do preço, com Brinquedos (3,17%); Casa e Decoração (2,08%) e Eletrodomésticos (1,99%) sendo os grupos com as maiores altas. O grupo de eletrodomésticos expôs acréscimos em uma série de produtos, como “geladeira” (3,26%), “fogão” (2,07%), “máquina de lavar roupa” (2,28%), “freezer” (2,27%), “televisor” (1,31%) e “home theater” (1,34%). Por outro lado, Fotografia (-0,59%) e Telefonia (-0,11%) tiveram as maiores quedas nos preços.

No comparativo anual (nov/12-nov/13) seis, dos dez grupos, tiveram aumento de preço, e quatro reduções. Ao todo, 110 categorias de produtos, de um total de 151, trouxeram um aumento médio no valor final dos preços de 4,4%; as outras 41 categorias restantes tiveram queda média de -5,68%. O grupo de Moda e Acessórios foi o que apresentou a maior queda, -10,59%, no preço dos produtos, no agregado últimos doze meses, seguido por Telefonia (-6,83%); Fotografia (-5,29%); Eletrônicos (-5,12%). Encabeçando a lista dos que trouxeram os maiores aumentos médios, aparece o grupo de Casa e Decoração (6,69%), em virtude de categorias como “cama” (7,49%), “aparelho de jantar” (8,13%) e “faqueiro” (11,56%).

Pela primeira vez, em uma série de 23 comparações, o Índice exibiu um aumento médio anual no preço das mercadorias: 0,42%. Nas outras 22 comparações o percentual apontava quedas anuais nos preços do comércio on-line. Contudo, ainda com o aumento no agregado dos últimos meses, o Índice FIPE/Buscapé posiciona-se 7,2% abaixo da variação dos preços médios do IPCA, Índice de Preços ao Consumidor Amplo, no período de out/12 a out/13.

Comparativamente, o aumento do Índice FIPE/Buscapé, no último ano (nov/12-nov/13) é inferior aos aumentos registrados nos índices de preços aos consumidores gerais. O IPCA-IBGE e o IPC-FIPE, no mesmo período, apresentaram aumento anual de preços equivalente a 5,84% e 4,25%. As discrepâncias nas estatísticas de cada índice podem ser explicadas pelos produtos analisados por cada um respectivamente: enquanto o Índice FIPE/Buscapé mensura apenas os valores de produtos mais comercializados através da Internet, os outros dois índices consideram uma cesta de produtos diferente, considerando outros canais de venda, tradicionais e físicos.

Fonte: E-commerce News