Pagamento com cartão pré-pago poderá chegar a R$ 117 bilhões em 2017, inclusive em lojas virtuais

Imagem de cartão pré-pago em lojas virtuais

Os brasileiros irão utilizar mais o cartão pré-pago para realizar pagamentos, inclusive em lojas virtuais. O pagamento com esta nova modalidade de cartão poderá chegar a R$ 117,0 bilhões no Brasil em 2017, um aumento considerável em relação aos R$ 84,6 bilhões transacionados em 2012. A estimativa é a do GSPP-Grupo Setorial de Pré-Pagos, instituição que reúne as empresas não financeiras que atuam no setor de cartões pré-pagos.

Em lojas virtuais, o pré-pago oferece a vantagem adicional de reduzir as chances de fraude e roubo de identidade, uma vez que ele não tem vínculo com a conta bancária. “O cartão pré-pago é uma ferramenta estratégica para reforçar o relacionamento das empresas com os clientes de forma prática e segura. Para o consumidor, o pré-pago tem a vantagem adicional de favorecer a educação e o controle financeiros, pois dá ao usuário uma noção mais clara do limite dos recursos disponíveis, impedindo que o consumidor gaste mais do que tem”, complementa o presidente do GSPP, Antônio Jorge Castro Bueno.

Segundo Bueno, esta forma de pagamento já é usada pelo brasileiro desde a década de 70, quando surgiram os vouchers para pagamento de refeições. Desde então, surgiram os cartões para pagamento de combustíveis, os vale-presente e, mais recentemente, o vale-cultura e os cartões para consultas médicas e exames laboratoriais.

Fonte: E-Commerce News